Sensibilidade Dentária

SENSIBILIDADE DENTÁRIA

A sensibilidade dentária é um problema dentário comum. A maior parte das pessoas com esta condição está entre os 20 e os 50 anos. Esta pode começar a ocorrer quando a dentina, camada mais sensível, fica exposta devido à retracção gengival.

A dentina é formada por milhares de canais microscópios. Quando a dentina fica exposta, factores externos ( quente, frio) podem estimular os nervos no interior do dente, resultando uma dor breve, espontânea e aguda, característica da sensibilidade dentária.

Só o médico dentista pode confirmar se tem sensibilidade dentária. Se sofre de hipersensibilidade dentária, o médico dentista pode contribuir para minimizar a exposição dentária, tratar a sua sensibilidade dentária e aliviar os sintomas dolorosos fazendo alterações à sua rotina diária e hábitos alimentares.

Escovagem Excessiva

Se escovar os dentes com muita força ou uma técnica de escovagem desadequada poderá desenvolver retracções gengivais.

Aconselhe-se junto do seu médico dentista ou higienista sobre a melhor técnica de escovagem, a escolha de uma escova adequada ao seu problema. Por exemplo, tente usar uma escova de dentes de cerdas suaves.

Erosão Ácida

As bebidas e alimentos ácidos, com o tempo, podem fazer algum desgaste no esmalte.

Os alimentos e bebidas ácidas incluem, frutos e sumos de fruta, bebidas gaseificadas, café, chá preto, vinho, ketchup ou outros molhos para saladas.

Ranger dos Dentes

O ranger os dentes, com o tempo, pode provocar algum desgaste no esmalte que pode por sua vez provocar exposição da dentina.

Lidar com a Sensibilidade

  • Escovar e completar a limpeza com fio dentário regularmente;
  • Não escovar de forma demasiado agressiva;
  • Usar uma escova de dentes mais suava;
  • Usar um dentífrico para dentes sensíveis;
  • Fale com o seu médico dentista ou higienista sobre a melhor rotina de higiene oral e a melhor técnica de escovagem para si.
Sensibilidade Dentária