Bruximo

O bruxismo é um hábito parafuncional caracterizado pelo ranger ou apertar dos dentes de forma involuntária durante o dia ou durante o sono. Este apertar ou ranger dos dentes leva à aplicação de força excessiva sobre o aparelho mastigatório.

Sendo esta parafunção involuntária, é importante prestar atenção a alguns sinais e sintomas como: ranger ou apertar de dentes suficientemente audível para acordar a pessoa ao nosso lado; aumento da sensibilidade dentinária; desgaste anormal dos bordos dentários; músculos da mastigação cansados ao acordar ou no final do dia; dores nos maxilares, articulação da mandíbula, ouvidos, cabeça ou pescoço e distúrbios do sono que podem levar a excesso de cansaço durante o dia.

Estima-se que 100.000 pessoas sejam afetadas em Portugal, e que 1 em cada 5 adultos possam ter esta desordem.
Embora se considere que o stress e a ansiedade são fatores de risco, trata-se de uma disfunção sem cura conhecida, sendo fulcral o seu diagnóstico precoce.

Consultar o seu Médico Dentista é, desta forma, imprescindível para a realização do diagnóstico e plano de tratamento. O tratamento tem como objetivo aliviar a dor e evitar problemas nos dentes – no caso do bruxismo noturno a realização de uma goteira de proteção noturna vai evitar, não só, o desgaste dentário, como provocar um relaxamento muscular durante o sono.

Texto escrito por: Dr. João Pisco