A mulher perde o cálcio dos dentes durante a gravidez?

As alterações hormonais que ocorrem na gravidez, atuam em todos os órgãos e sistemas e vão também ter impacto na cavidade oral. No entanto a mulher não perde o cálcio dos dentes durante a gravidez, o que por vezes acontece é que no primeiro trimestre de gestação, 70 a 85% das grávidas, apresentam náuseas e vómitos, os quais podem levar à erosão dentária e à descalcificação do esmalte, devido ao contacto com o suco gástrico. Este fenómeno pode vir a provocar hipersensibilidade dentária.

Como prevenção, a grávida não deve escovar os dentes imediatamente depois de vomitar, deve bochechar com um colutório que contenha flúor, para proteger os dentes que sofreram erosão ou que apresentem alguma sensibilidade. Alerto também que a fazer a escovagem se use uma escova com cerdas macias para evitar danos adicionais ao esmalte.

Em relação ao cálcio necessário para a formação dos dentes do bebé, este provém apenas da alimentação da mãe. Assim, os dentes da mãe não participam no processo de desenvolvimento do bebé e não sofrem qualquer dano.

Acrescento também que a patologia oral mais frequente durante a gravidez é a gengivite, porém a gravidez por si só não induz a condição, ou seja, esta desenvolve-se pela ação combinada de vários fatores como o aumento dos níveis de progesterona, uma higiene oral deficiente e a diminuição da resposta imunitária. Com o objetivo de prevenir e/ou melhorar esta condição, a grávida deve ter o cuidado de escovar os dentes com pastas fluoretadas e utilizar o fio dentário.

Texto escrito por: Dra. Bárbara Galrinho